1º RIGO promove palestra sobre sustentabilidade

11 de dezembro de 2018

A palestra teve como tema: “Transição para a Sustentabilidade: desafios e estratégias”

“É necessário olhar para a natureza com carinho. Mudar nossas atitudes e preservar o meio ambiente é cuidar da saúde desta e das futuras gerações. Faça sua parte! Garanta um futuro melhor.” Esta é a ideia base que norteou todo o projeto 1º RIGO CONSCIENTE, com suas campanhas de descarte de material reciclável e de uso racional de recursos básicos, como água, energia e demais objetos de uso cotidiano.

No dia 05 de dezembro de 2018 fechou-se o ciclo anual de atividades da serventia com uma palestra para os colaboradores sobre sustentabilidade, com o Prof. Denilson Teixeira, Pós-Doutor no “Center for Sustainability and Environmental Research” (CENSE), na Universidade Nova de Lisboa, e Professor Adjunto da Universidade Federal de Goiás (UFG). Sua palestra teve como tema: “Transição para a Sustentabilidade: desafios e estratégias” com o objetivo central de discutir onde e como podemos contribuir com tal questão.

A discussão norteou-se pelo viés do que seria a vida insustentável e como o modo que vivemos hoje acarreta vários problemas futuros para o planeta. Em sua apresentação o Professor atrelou o conceito de sustentabilidade a questões de tecnologia, poluição, padrão de vida e pobreza, exemplificando, a partir de um estudo sobre calorias consumidas, que se continuarmos a ignorar a importância do cuidado com o consumo insustentável, precisaremos de quatro planetas Terra para continuar a vida. Por isso, é necessário refletir e entrar em ação para contribuir para a melhoria do mundo em que vivemos.

Foram esclarecidos vários exemplos de como podemos contribuir com esse movimento, sendo citadas ações de fácil implementação, mas que provocam importante impacto, como o uso do famoso “adote um copo ou caneca”, em vez de sempre usar e descartar um copo descartável; beber no copo de vidro sem o canudo; separação de lixo reciclável do orgânico e afim, e outros. Foram formuladas algumas perguntas pelos colaboradores da serventia, que foram prontamente esclarecidas, enfatizando-se, sempre, a necessidade de ação e de busca da mudança de hábitos no nosso dia a dia.

Ao final, o Professor se dispôs para o diálogo além-palestra, caso permanecessem dúvidas sobre o assunto. Enfim, encerrou-se mais um ciclo com várias reflexões e aprendizado sobre o nosso impacto no mundo em que vivemos e possibilidades de mudança efetiva, a partir de ações conscientes e independentes dos Poderes Públicos.

 

Tinoco, L.S