Registro de Imóveis da 1ª Circunscrição de Goiânia lança programa que prevê a formação pessoal e profissional de jovens

20 de fevereiro de 2019

Registro de Imóveis da 1ª Circunscrição de Goiânia lança projeto inovador.

A partir de agora, jovens que estudam em escolas estaduais públicas da capital irão se incorporar ao cotidiano de trabalho do Registro de Imóveis da 1ª Circunscrição de Goiânia (1RIGO), no Jardim América, para participar das rotinas internas, absorver conhecimento e partilhar de um ambiente educativo. A novidade faz parte do programa Construindo o Futuro, que vai contribuir com a formação pessoal e profissional de adolescentes em idade escolar.

A serventia é precursora do projeto e irá disponibilizar toda a sua estrutura técnica e de apoio a esses jovens, para auxiliá-los com a formação humana, cultural e psicológica, com ênfase no aspecto profissional. “Pela primeira vez, no Estado de Goiás, o serviço extrajudicial está engajado em contribuir com a formação pessoal e profissional de adolescentes em idade escolar”, afirma Igor Guedes, oficial titular do 1RIGO.

“Os jovens irão conhecer o funcionamento da serventia e todos os setores que a compõe”, explica Igor Guedes. O vínculo inicial é de 22 meses e conta com a colaboração da entidade Obras Sociais do Centro Espírita Irmão Áureo (Osceia), associação civil beneficente, sem fins lucrativos, que visa promover a assistência social e a educação.Segundo Igor Guedes, os primeiros cinco jovens selecionados – Caio Emanuel Pereira Faria, Pedro Lucas Rodrigues Nunes, Geovanna Ketlyn Meireles, Thainara Oliveira Costa e Tulio Cesar Carvalho – terão o seu vínculo contratual formalizado e dedicarão quatro horas diárias nas atividades internas do cartório. Os jovens são egressos de escolas públicos que melhor pontuaram no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb): Colégio Estadual Jardim Europa (Nota 6,7); Colégio Estadual Professora Lousinha Carvalho (Nota 6,5); e Colégio da Polícia Militar de Goiás Unidade Hugo de Carvalho Ramos (Nota 6,3).

Atividades do projeto
-Seleção de candidatos egressos de escolas públicas estaduais que melhor pontuaram no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB);
-Treinamento específico para os jovens, elaborado pela equipe de treinamento do 1º RIGO;
-Treinamento complementar do Osceia;
-Acompanhamento sociofamiliar e escolar, por psicóloga da serventia;
-Supervisão do coordenador a cujo setor estiver vinculado;
-Rotina de elaboração, apresentação e discussão de relatórios semanais de atividades;
-Rodízio intersetorial, para o desenvolvimento de habilidades diversificadas;
-Orientação vocacional, realizada por psicóloga da serventia, que irá aplicar as ferramentas necessárias no processo de avaliação;
-A depender do desempenho dos adolescentes, o apoio poderá ser estendido ao ensino universitário.

Objetivos
-Desenvolver iniciativas institucionais que demonstrem o compromisso com a sociedade, a visão de futuro e a percepção de responsabilidade social dos titulares dos serviços extrajudiciais de Goiás;
-Aproveitar a expertise técnico-administrativa do 1º RIGO no processo educativo de jovens em idade escolar;
-Incentivar a formação de jovens críticos, criativos e participantes da sociedade;
-Contribuir com a formação pessoal e profissional de jovens de baixa renda;
-Promover oportunidades profissionais e acadêmicas a adolescentes em idade escolar;
-Implantar um programa inovador que supere a mera obrigação de contratação de jovem aprendiz.

Publicação Original: Rota Jurídica