1ºRIGO adota nova ação sustentável

26 de novembro de 2019

Tendo em vista a Lei 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, o Registro de Imóveis da 1º Circunscrição de Goiânia adotou mais uma medida que dialoga com as demandas para preservação do meio ambiente e da sustentabilidade. Para isso, a Serventia instalou lixeiras próprias para separação do lixo e tem orientado seus colaboradores sobre a nova prática.

Essa medida contribui para implementar gradativamente os 5R`s da Sustentabilidade: repensar, recusar, reduzir, reciclar, reutilizar. Com a separação, o lixo na copa do 1ºRIGO será separado da seguinte forma:

Orgânico: os restos de alimentos;
Reciclável: metais, como aço e alumínio, papel, papelão, tetra pak, vidro e diferentes tipos de plástico;
Rejeitos: resíduos não recicláveis como papéis usados, guardanapos e papéis-toalha.

Os resíduos orgânicos são descartados na lixeira de cor marrom, os recicláveis na lixeira verde e os rejeitos na lixeira cinza. O lixo orgânico é coletado pela Nativa e Resíduos diariamente e os recicláveis pela CRR Indústria Ambiental é coletado de acordo com a demanda.

Com mais de 150 colaboradores trabalhando diariamente, a Serventia tem adotado diversas medidas que visam colaborar para a questão ambiental. A coleta seletiva implantada em novembro será somada à substituição de copos descartáveis por squeezes e à utilização de papéis usados como bloco de notas, medidas já implantadas no dia a dia do trabalho.

Além disso, os papéis descartados pelo Centro de Documentação (CEDOC) são triturados na própria Serventia e recolhidos pela COOPER RAMA, semanalmente, desde agosto de 2019. O 1ºRIGO acredita que são pequenas mudanças como essas que garantem um futuro melhor para as próximas gerações.

5´s da Sustentabilidade

Para entender melhor o conceito do 5R`s da Sustentabilidade, segue abaixo o significado da sigla, segundo o artigo apresentado no V Seminário de Jovens Pesquisadores em Economia & Desenvolvimento¹.

Repensar:consiste em observar todos os processos de produção, da matéria-prima até o descarte, refletindo sobre a genuína necessidade de consumir um produto e assim influenciar sua demanda. Vale questionar o que é feito com o produto antigo ao adquirir um novo ou se a compra é feita por necessidade ou por impulso.

Recusar: O segundo R é a resposta ao Repensar de forma que evite o consumo exagerado e desnecessário, estimulando apenas a compra de produtos essenciais. Nesse aspecto, destaque-se recusar produtos que gere desperdício ou que cause algum prejuízo ao meio ambiente ou para saúde humana.

Reduzir: além de ser uma consequência de repensar o consumo e recusar produtos desnecessários, reduzir também consiste em adquirir refis de produtos, compra de produtos com embalagens econômicas, biodegradáveis ou retornáveis, comprar produtos à granel e adquirir o hábito da sacola de tecido para as compras no supermercado.

Reutilizar: é prolongar a vida útil de um produto. Ou seja, o produto pode ser ser utilizado por outra pessoa ou com outro objetivo para evitar que seja jogado fora.

Reciclar: é o processo que visa transformar algo já usado em um novo produto, seja com a mesma característica do anterior ou com transformado em outro produto usando o material apenas para produzir o produto reciclado.

¹SILVA, Saionara da; FERREIRA, Elaine; ROESLER, Celio. BORELLA, Diego; GELATTI, Elisangela; BOELTER, Fernando, MENDES, Patrick. Os 5R`s da Sustentabilidade. In: SEMINÁRIO DE JOVENS PESQUISADORES EM ECONOMIA & DESENVOLVIMENTO, 5, 2017. Santa Maria.