1ºRIGO participa da campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica

29 de outubro de 2021

Diante do aumento de casos de violência doméstica durante a pandemia, o Registro de Imóveis da 1ª Circunscrição de Goiânia (1ºRIGO) aderiu à campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica, encaminhando para a Polícia denúncias feitas pelas vítimas que apresentarem um “x” vermelho desenhado na palma da mão.  

Com essa mobilização, a vítima poderá ter auxílio necessário e acionar as autoridades. Dessa forma, o “x” vermelho na palma da mão será identificado como um pedido de ajuda, sendo a vítima acolhida e a Polícia Militar, acionada. A vítima poderá ser conduzida a um espaço reservado até a chegada da PM. A vítima não podendo esperar, os colaboradores podem pegar o nome, documento de identidade, CPF, endereço e telefone para repassar para Polícia. 

Início da campanha 

Unindo-se à Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a campanha foi lançada pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR) para incentivar denúncias por meios dos cartórios, em razão de terem sido considerados serviços essenciais durante a pandemia e por sua capilaridade em todo território nacional. 

A iniciativa foi tomada como uma resposta conjunta do Poder Judiciário aos resultados trazidos pelo levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e do Instituto DataFolha, “Visível e Invisível​: A Vitimização de Mulheres no Brasil”. A pesquisa realizada em 130 municípios, durante o mês de maio, aponta que 27,4% das mulheres declaram ter sofrido algum tipo de violência ou agressão durante a pandemia, sendo que 23,8% das agressões foram cometidas por cônjuge, companheiro ou namorado.