(62) 3956-7600     Segunda à sexta-feira das 9 às 17 horas    

1ºRIGO seleciona cinco estudantes de escolas públicas para o Programa Construindo o Futuro

22 de setembro de 2022

Neste mês de setembro, cinco novos jovens aprendizes começaram a desfrutar da estrutura técnica do Registro de Imóveis da 1ª Circunscrição de Goiânia (1ºRIGO), pelo Programa Construindo o Futuro. A iniciativa é realizada pela Serventia desde 2019 e tem como objetivo selecionar jovens das escolas públicas de Goiânia que tiveram as melhores pontuações no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), um indicador que avalia as escolas de todo País conforme o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações.

Para este terceiro ciclo do programa, foram selecionados, no Colégio Estadual Antônio Oliveira da Silva e no Colégio Estadual Jardim América, os jovens: Yasmim Priscila de Oliveira Campos, Natalia Serravalle de Carvalho, Anderson de Oliveira Matozinho Filho, Fabricio de Oliveira e Janaína Vitoria Martins de Souza. “Os cincos adolescentes poderão contar com apoio da Serventia para uma formação humana, cultural e psicológica, com ênfase no aspecto profissional, por 22 meses”, explica Igor França Guedes, oficial do 1ºRIGO.

A estudante Natália Serravalle, de 15 anos, explica como foi, para ela, o processo de seleção para o Programa Construindo o Futuro. “Foi uma experiência repleta de informações inovadoras para a minha jornada e ajudou bastante para o meu crescimento pessoal e meu marketing profissional”, diz. Já a estudante Janaína Vitoria, de 16 anos, descreve o processo seletivo como “uma experiência muito emocionante e desafiadora”.

Janaina, Natalia e Yasmim

Antes de começar as atividades no 1ºRIGO, os aprendizes são apresentados em todos departamentos do 1ºRIGO a fim de integrá-los às equipes e conhecer a função de cada um, e quem são os coordenadores e supervisores. Essa integração foi uma das etapas ressaltadas pelo jovem Anderson, 16 anos. “Foi uma ótima experiência, principalmente a parte em que conhecemos todos os departamentos e fomos apresentados para nossos colegas de trabalho”, declara.

Como o apoio da família é fundamental no processo seletivo, os estudantes relatam como a aprovação foi recebida pelos familiares. “Eu estava na escola quando recebi a notícia, fiquei muito feliz/animada. Logo liguei pra minha mãe que também ficou muito feliz e comemorou comigo. Como meus pais estavam muito felizes com a novidade, eles ligaram para meus tios e minha avó e fizemos uma janta”, comemora Yasmin, 16 anos.

Anderson também afirma que a aprovação foi muito aguardada pela família e, especialmente, por sua mãe. “Minha mãe queria que eu tivesse mais conhecimento do mundo profissional e que eu me relacionasse melhor com as pessoas, assim, saindo da minha “bolha social”, explica.

Com dedicação de quatro horas diárias na Serventia, os adolescentes poderão conhecer as atividades e rotinas internas e aprender sobre os procedimentos necessários para prestação dos serviços de registro de imóveis, trocando periodicamente de departamento. Sobre os próximos 22 meses, os adolescentes citam o aprendizado como um dos objetivos para alcançar durante esse período.

“Eu espero aprender bastante coisa nova, quero me desenvolver na área da tecnologia, pretendo melhorar minha comunicação, ser mais responsável e me tornar mais independente, entre várias outras coisas”, explica Fabrício, 15 anos.

Anderson e Fabricio

O programa

O Programa Construindo o Futuro está em seu terceiro ano e no terceiro ciclo. Com este último processo seletivo, o 1ºRIGO já pôde oportunizar a primeira experiência profissional de 16 estudantes de escolas públicas da cidade. Dos dois primeiros ciclos, oito jovens aprendizes foram efetivados para o quadro de colaboradores.

“Ações como essas ratificam o compromisso do 1ºRIGO com o desenvolvimento profissional de estudantes de escolas públicas, acreditando que um futuro melhor para todos é feito com oportunidades de crescimento para quem mais precisa”, declara o oficial do 1ºRIGO.

Fonte: Portal Rota Jurídica