Estudante da rede pública de ensino relata crescimento profissional no 1ºRIGO

19 de agosto de 2020

O Registro de Imóveis da 1ª Circunscrição de Goiânia (1ºRIGO) lançou, em 2019, o Programa Construindo o Futuro, com o objetivo de contribuir com a formação pessoal e profissional de estudantes da rede pública de ensino. Com a formalização do vínculo contratual por 22 meses, os jovens dedicam quatro horas diárias nas instalações da Serventia. 

Túlio Cesar Carvalho Machado Guimarães Rezende, de 17 anos, foi um dos cinco selecionados para participar do Programa. Estudante do Colégio da Polícia Militar de Goiás, Unidade Hugo de Carvalho Ramos, Túlio destaca as pautas das reuniões quinzenais, parte do Programa de Capacitação Interna (PROCAPI), como um dos principais aprendizados adquiridos durante o período que está no 1ºRIGO, além da convivência com os demais colaboradores. 

“Através das reuniões quinzenais, da leitura do livro ‘Como fazer amigos e influenciar pessoas’, de Dale Carnegie, da confiança da minha supervisora no ofício, dos meus colegas de trabalho e da função que desempenho dentro do meu departamento atual, aprendi a ser uma pessoa melhor e mais responsável tanto no âmbito profissional, quanto social”, relata. 

Os participantes do Programa Construindo o Futuro são estudantes de escolas públicas com as melhores pontuações no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em Goiânia. Calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar obtidos no Censo Escolar, o Ideb consiste em um indicador que avalia as escolas de todo País pelo fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. 

Ravena Carvalho é a mãe do Túlio e ela relata que a vivência do jovem na Serventia o incentivou a planejar seu futuro profissional. “Eu percebi que ele teve uma mudança, e brusca, depois que ele veio para o cartório no sentido de sonhar. Ele hoje planeja, ele faz cálculos do que ele ganha, do que ele pode comprar”, afirma. 

O padrasto de Túlio, Luiz Humberto, garante que, depois de trabalhar na Serventia, o rapaz ficou mais responsável. “A responsabilidade dele é muito grande com o trabalho e a gente vê que ele está preocupado em crescer tanto que quer fazer um curso dentro da própria área para aprender mais ainda. Então tem um planejamento e isso vem muito depois da chegada dele aqui no cartório”, relata. 

A proposta do projeto é permitir que esses estudantes tenham a oportunidade de conhecer uma estrutura técnica e de apoio que contribua para uma formação humana, cultural e psicológica com ênfase no aspecto profissional. Túlio enfatiza que as experiências de amizade, companheirismo com os colegas e também conhecimento que adquirido com os mais velhos são as experiências obtidas no 1ºRIGO que levará para vida.

“O Programa Construindo o Futuro foi de suma importância para minha vida pessoal e profissional, pois me deu a oportunidade de trabalhar em todos os departamentos da serventia, assim me favorecendo a ter mais experiência na vida profissional”, destaca.